Arvore Genealogica

Hallo!

Finalmente consegui colocar as informações que tenho em ordem e criei esse arquivo com a nossa arvore genealógica. Eh perceptível que a linhagem da minha família e’ melhor desenvolvida, pois e’ mais fácil para que eu consiga juntar informações.

Se voce tiver mais informações para melhorar este documento, por favor, envie para mim [keilac @ gmail.com] que atualizarei o arquivo e disponibilizarei aqui no blog.

Divirta-se!

Arvore Genealógica v3

 

Advertisements

Os Brockveld no Jornal Metas

Entao, de vez em quanto  saio atras de mais informaoces sobre nossa familia. Dessa vez fui motivada pelo email da Rani (Oi Rani, to escrevendo!).

logonovaAno passado Julia do Jornal Metas entrou em contato comigo para que eu contribuisse com um artigo que ela estava escrevendo, e motivada pelo email da Rani  (nao da para acreditar que fui tao relapsa e so fui atras do artigo agora, ops) fui atras para ver se o artigo havia sido publicado, e foi!

Se voce tiver interesse em ler o artigo clique aqui. So eh uma pena que o endereco do blog ficou incorreto, a gente sobrevive nao eh!

 

Historias em quadrinho belgas

Existem algumas historias em quadrinhos, cartoons and comics de origem belga que ha muito temos conhecimento.

Os Smurfs (em frances – Schtroumpfs), personagens imaginarios que vivem em uma vila de cogumelos no meio de floresta, foram criados em 1958 pelo belga Peyo, conhecido como Pierre Culliford. Peyo faleceu em 1992, mas seu filho, Thierry Culliford, continuou a criacao do pai.

 

Tintin – em As aventuras de Titin, outra historia em quadrinhos criada pelo cartonista Georges Remi, conhecido como Hergé. Tintin eh um joven jornalista belga que esta sempre acompanhado pelo seu cachorro Snowy (Milou em frances).  Muitas das inspiracoes de Hergé vem da capital belga – Bruxelas.

Belgica I

Faz muito tempo que nao escrevo no blog, entao achei que fosse uma boa idea inserir algumas informacoes sobre a Belgica.

Algumas pessoas me perguntaram se os Brockvelds/Brackeveldts tem brasao, e acredito que nao temos.

Mas existem alguns simbolos belgas que podemos apreciar.

Bandeira da Belgica
Bandeira da Belgica

 

Brasao da Belgica
Brasao da Belgica

 

Provincias da Belgica Laranja - Regiao Flamenca Rosa - Regiao da Valonia Azul - Bruxelas
Provincias da Belgica
Laranja – Regiao Flamenca
Rosa – Regiao da Valonia
Azul – Bruxelas

 

Os Brockvelds/Brackeveldts vem da regiao flamenca ou Flemish, chamada Flandre (frances) ou Vlaanderen (holandes) ou Westflandern (alemao), mas especificamente da provincia de West Flanders ou Flandres Ocidental.

Nome das Provincias
Nome das Provincias

 

Em Flandres a lingua falada eh a flamenca, uma variacao do holandes, na regiao da Valonia fala-se frances e alemao e Bruxelas eh bilingue.

Bandeira de Flandres
Bandeira de Flandres

 

Brasao de Flandres
Brasao de Flandres

 

E Koekelare eh a cidade aonde nasceu Pierre Brackeveldt.

Koakelare
Koakelare

 

 

Mais por curiosidade, veja a bandeira e brasao da regiao da Valonia.

Bandeira da Valonia
Bandeira da Valonia

 

Brasao da Valonia
Brasao da Valonia

 

Primeira ExpoBelga

expobelga

“Premier Echantillon de la Colonisation Belge”

A ExpoBelga acontece do dia 04 a 07 de Setembro, na Praça Central de Ilhota.  O objetivo da festa é resgatar a cultura Belga em Ilhota.  Haverá desfile cultural no Centro da cidade.

Em 1844 Charles Maximiliano Luiz Van Lede e 90 colonos belgas desembarcaram numa pequena ilha, que se hoje existisse ficaria no meio do Rio Itajaí-Açu, em frente à igreja Matriz São Pio X. A ilha foi levada pelas enchentes no início do século XX. Em 28 de julho de 1845 foi fundada a colônia belga. Somente em 21 de junho de 1958 Ilhota foi emancipada politicamente de Itajaí. Acredita-se que o nome Ilhota tenha sido dado pelos indígenas que habitavam a região e absorvido pelos colonizadores. Atualmente a cidade conta com 12.149 habitantes e possui uma área de 253 quilômetros quadrados. Ilhota é a primeira colônia belga do Brasil. Fonte: Site da Prefeitura de Ilhota.

Para maiores informações sobre a ExpoBelga consulte os telefone (47) 3343-8800:

E site da prefeitura de Ilhota  www.ilhota.sc.gov.br

Onde buscar

Segue abaixo locais onde procurar a documentação dos antepassados Brackeveld / Brockveld.

Para quem acabou de chegar vou interá-lo do assunto.

Venho procurando informações sobre as origens do Brockvelds, assim criei o blog. Algumas semanas mais tarde recebi um email de Veronica, que me passou diversas informações sobre minha árvore genealógica (ao lado você poderá fazer o download do arquivo).

Junto Veronica enviou os locais onde ele conseguiu acesso aos documentos, para quem tiver interesse de obter a documentação, segue a baixo:

Documentos partir de

Cartório

Fones/Contatos

12/1876

GASPAR – SC

47 3332-0478 Jean

1876

ITAJAÍ – SC

47 3348-1009 Izabel

1889

BARRA VELHA – SC

47 3456-2091

1890

BLUMENAU – SC (CARTÓRIO BRAGA)

47 3326-2581 Claudia

1903

LUIZ ALVES – SC

47 3377-1138 Mara

1931

ILHOTA – SC

47 3343-1191 Nelson / Leusa

1867

PARÓQUIA SÃO PEDRO APOSTOLO

47 3332-0053 Ana / Neide

1934

IGREJA MATRIZ DE LHOTA

47 3343-1140

1950

IGREJA MATRIZ DE ITAJAÍ

47 3348-1254 Elizabeth

não tem docs.

IGREJA IMAC. CONCEIÇÃO (+ANTIGA ITAJAI)

IGREJA DE LUIZ ALVES

47 3377-1129

1800

IGREJA MATRIZ DE BLUMENAU

47 3322-0699 Claudia

(BLUMENAU NÃO TEM DOCUMENTOS DA FAMÍLIA)

1999

DIOCESE DE BLUMENAU

47 3322-4435 Mª Ester

CÚRIA DE FLORIANÓPOLIS

48 3224-4799 Aline / Janice (Arquivo)

1944

DOCUMENTOS DE BATISMO ILHOTA

Informações sobre a história da colinização dos Belgas em Ilhota, Santa Catarina, Brasil e outros, pode ser encontradas nestes livros:

– Movidos Pela Esperança: A História Centenária de Ilhota, de Viviane dos Santos e Elaine Cristina de Souza

– Charles van Lede e a colonização belga: subsídios para a história da colonização de Ilhota, no Rio Itajaí Açu pela “Compagnie Belge-Brésilienne de Colonisation”, de Carlos Ficker

– Dos Açores ao Zaire – A história das colônias belgas em todo o mundo, de Patrick Maselis

– Os Belgas na Fronteira Oeste do Brasil, de Domingos Sávio Garcia

– Colonização Flamenga em Santa Catarina: Ilhota, de Paulo Maes

– Estradas da vida, história de um ramo da família Deschamps, Edição do autor, São Pedro de Alcântara, 2001, de Osvaldo Deschamps

– Memórias da nossa terra e nossa gente, Edição do autor, São Pedro de Alcântara, 2005, de Osvaldo Deschamps

Se você tiver mais informações, por favor, envie um email